Alagoas Previdência recupera mais de R$ 760 mil em valores pagos indevidamente

O incremento de ações de combate à fraude nos benefícios previdenciários fez com que a Alagoas Previdência recuperasse, no ano passado, R$ 762.468,36 em valores pagos indevidamente. Durante 2018, foram efetuados cinco mutirões, que geraram 478 processos administrativos.

Segundo o presidente da Alagoas Previdência, Roberto Moisés, em sua maioria, as notificações são emitidas para devolução de valores recebidos após o óbito do beneficiário.

“A ação começa dessa forma: o segurado falece, a família não comunica de imediato ao órgão previdenciário e o benefício continua sendo pago. Nesse caso, o nosso setor de combate à fraude inicia o processo de cobrança”, explicou Roberto, salientando que, para evitar a notificação, os familiares devem informar à Alagoas Previdenciária imediatamente após o óbito do segurado.

O comunicado pode ser feito na sede da Alagoas Previdência, localizada no térreo do Empresarial Terra Brasilis, situada na Avenida da Paz, 1864, Centro, Maceió-AL.

Ações dessa natureza, segundo Roberto Moisés, reafirma o comprometimento da Alagoas Previdência com a gestão dos recursos públicos.

Autarquia

A Alagoas Previdência é uma autarquia especial, com personalidade jurídica de direito público, integrante da administração indireta do Estado, com autonomia administrativa e financeira, vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag).

A autarquia tem por finalidade gerir o Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado de Alagoas, especialmente quanto à operacionalização dos respectivos benefícios previdenciários, abrangendo os servidores públicos ativos, inativos e pensionistas da administração direta, autárquica e fundacional do Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública.

Ascom – 28/02/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)